ABSURDO! Joesley Batista faz festa caipira em mansão no Lago Sul… Você foi convidado?

É PRA COMPARTILHAR!

A noite promete um tremendo regabofe na mansão da QL 14, Conjunto 10, do Lago Sul que pertence a um dos homens mais ricos do planeta, segundo a revista “Forbes”. O goiano Joesley Batista, acusado no esquema de corrupção e pagamento de propina, para o “quadrilhão do MDB”, é o dono da festança caipira que começou às 16 horas deste sábado (22/06), e não tem hora para terminar. Os moradores da região já estão incomodados com o barulho como o ministro do STF Gilmar Mendes que mora na mesma rua.

Por trás dos trajes caipiras, digno das festas juninas, que neste período ocorrem em todo o país, pode estar escondendo alguns rostos do poder disfarçado de jecas. Se ariscar é possível até descobrir tornozeleiras nos pés de alguns personagens da roça goiana.

Esse é o cenário para quem passa neste momento em frente a uma mansão na QL 14 do Lago Sul, o metro quadrado mais caro da capital da República.

Ela pertence a um dos homens mais ricos do planeta que aparece em 2019 na 1.717ª posição mundial e na 48ª colocação entre os bilionários brasileiros, segundo a revista Forbes.

O empresário Joesley Batista, dono da J&F, foi preso e foi solto por diversas vezes durante o ano de 2017 e 2018 por estar envolvido na pilhagem de bilhões de reais do dinheiro público, por pagamento de propina e por ter omitido provas em sua delação premiada firmada no Ministério Público Federal.

Ele também é acusado de envolvimento no chamado “quadrilhão do MDB”. O dono da Fri Boi foi o pivô de uma das maiores crises no governo do então presidente Michel Temer, no episódio que ficou conhecido como “áudio da JBS”.

O empresário divulgou a gravação de uma conversa com Temer em que ele supostamente dá aval à compra do silêncio do ex-deputado federal Eduardo Cunha.

Mas isso são águas passadas como chega a afirmar o empresário goiano aos mais chegados.

Nos bastidores tem quem afirme que o motivo da festa caipira na mansão dos Batista é para celebrar, o inferno astral do ex-juiz da Lava Jato que mandou mais de uma dezena de corruptos para a cadeia.

O agora ministro da Justiça Sérgio Moro teve que ir ao Senado, esta semana, para se defender das denúncias feitas pelo site de esquerda The Intercept Brasil.

Voltando a festa caipira dos batistas, os moradores da QL-14 estão decididos: “Se passar das dez horas vamos chamar a polícia!”, disse um deles ao Radar-DF.

O ministro deu um banho: “Se vocês querem anular os processos contra os corruptos que pilharam o Brasil, façam!”, disse ele.

Joesley Batista faz festa caipira em mansão no Lago Sul, o pedaço mais nobre de Brasília

É PRA COMPARTILHAR!