AGORA! Bolsonaro dá aval positivo para criação de programa social, um dia depois de vetar o Renda Brasil

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO


O presidente da República, Jair Bolsonaro, autorizou o relator do Orçamento, deputado Márcio Bittar (MDB), a incluir a criação de um programa social na proposta orçamentária de 2021.

Ao sair do Palácio do Planalto, nesta quarta-feira (16), Bittar afirmou que Bolsonaro deu o sinal verde para a negociação:

“Tomei café da manhã com o presidente da República. Agora, antes do almoço conversamos mais um pouco, eu fui solicitar ao presidente, se ele me autorizava a colocar dentro do orçamento a criação de um programa social que possa atender milhões de brasileiros que foram identificados ao longo da pandemia e que estavam fora de qualquer programa social. O presidente me autorizou.”

Continua depois da publicidade

Bittar não disse de onde sairiam os recursos para esse programa.

Todas as alternativas analisadas pela equipe econômica do ministro Paulo Guedes no rejeitado projeto do Renda Brasil, que mexiam em programas sociais já existentes, foram desconsideradas pelo presidente.

Segundo o portal UOL, Bittar explicou:

“Então assim, não adianta agora a gente especular do que vai tirar, onde que vai cortar, mas estou autorizado pelo presidente, ele me deu sinal verde. E, a partir de agora, vou conversar com os líderes do governo no Senado e na Câmara, conversar com a equipe econômica. Mas a semana que vem a ideia é apresentar um relatório que tenha as PECs e a criação desse programa.”

Renova Mídia

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO

Ao arquivar inquéritos de Cabral, Toffoli beneficiou Aécio, Calheiros, Paes, Kassab, Romário, Paulinho da Força, Pezão, ministros do TCU e atual presidente do STJ

PRA BEBER UM CAFEZINHO, NÉ! PF intima Eduardo e Carlos Bolsonaro a depor no inquérito do STF sobre supostos “atos antidemocráticos”