Allan do Santos não se intimida, dobra a aposta e parte pra cima de Moraes (veja o vídeo)

Compartilhar

O jornalista Allan dos Santos disse que ainda não foi notificado oficialmente sobre o mandado de prisão preventiva encaminhado pela justiça brasileira contra ele, por ordem do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, e que seus advogados jamais tiveram acesso aos autos dos processos que levaram ao pedido de extradição para cumprimento da determinação.

A afirmação aconteceu durante entrevista ao programa Pânico, da Jovem Pan, na manhã desta segunda-feira (22).

Allan, que vive nos Estados Unidos, criticou o medo que jornalistas e de políticos brasileiros têm de falar mal do Supremo e fez uma série de afirmações extremamente fortes, como nos momentos em que chamou Alexandre de Moraes de “psicopata” e de “tirano”.

Entre as acusaçòes que Allan dos Santos responde, a de que integraria uma milícia digital que trabalha contra a democracia e as instituiçòes do país. Há ainda indícios, segundo o ministro do STF, de prática de organização criminosa, calúnia, difamação, injúria, incitação ao crime, discriminação de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional e ainda lavagem de capitais.

Em agosto, todas as contas sociais acabaram bloqueadas, bem como as redes sociais vinculadas a ele. Ele também ficou proibido de receber repasses de dinheiro de plataformas digitais (monetização).

Paralelamente, Moraes determinou a quebra de sigilo bancário e telemático, e obteve acesso a e-mails desde janeiro de 2020.

Veja o vídeo:

jco

Compartilhar

JN afunda na audiência e tem edição menos assistida do ano

Carnaval é cancelado em 27 cidades de São Paulo

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.