Allan dos Santos denunciará Alexandre de Moraes por violar sigilo da fonte

Compartilhar

Na tarde desta quarta-feira (06), o jornalista Allan dos Santos anunciou que vai denunciar o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, após a divulgação de uma matéria do jornal Folha de S. Paulo que acusa uma ex-estagiário do ministro do STF, Ricardo Lewandowski, de ser informante do dono do Terça Livre.

Na manhã de hoje, Moraes determinou que a Polícia Federal (PF) ouça a ex-estagiária “imediatamente”. Ela será ouvida no âmbito do inquérito ilegal das fake news, no qual Allan é investigado.

A ex-estagiária trabalhou no gabinete de Lewandowski de 19 de julho de 2017 a 20 de janeiro de 2019.

Segundo Allan, a decisão de Moraes fere o direito ao sigilo da fonte: “abominável” e “inaceitável”. O jornalista também citou um trecho do artigo 220 da Constituição Federal de 1988 sobre a liberdade de expressão: “A manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo, não sofrerão qualquer restrição”.

Moraes está violando este e outros artigos da Constituição, segundo Allan.

ENTENDA O CASO:
A interlocução entre Allan dos Santos e a estagiária de Lewandowski foi comprovada em mensagens obtidas pela PF por meio da quebra de sigilo telefônico e estão presentes no relatório da Diretoria de Investigação e Combate ao Crime Organizado.

O documento reúne conversas de 23 de outubro de 2018 a 31 de março de 2020. A estagiária trabalhou no gabinete do ministro de 19 de julho de 2017 a 20 de janeiro de 2019.

As mensagens mostram que o contato inicial é realizado pela estagiária, que fala com o jornalista demonstrando interesse em trabalhar na equipe da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF).

Na 1ª conversa, ela diz que é estagiária de Lewandowski. “Fique como nossa informante lá”, escreveu Allan dos Santos. A estagiária então respondeu: “Será uma honra. Estou lá kkk”.

A ex-estagiária disse à Folha de S. Paulo que nunca atuou como informante de Allan dos Santos. Segundo ela, a ligação com o jornalista se deu porque ambos foram alunos do escritor Olavo de Carvalho e porque queria um emprego.

gazetabrasil

Compartilhar

Pelo menos 7 estados têm cidades sem registrar mortes por Covid-19 nos últimos 30 dias

BOMBA: Senador expõe contratos da presidência de Renan Calheiros no Senado

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.