Bolsonaro determina que ministros não se posicionem sobre prisão em 2ª instância

COMPARTILHA

Informação é do ministro da Cidadania, Osmar Terra.

O presidente Jair Bolsonaro pediu a seus ministros que não fizessem manifestações sobre o julgamento do STF (Supremo Tribunal Federal) acerca da prisão após a condenação em segunda instância.

A informação é do ministro Osmar Terra (Cidadania).

Em entrevista à Rádio Gaúcha na manhã desta sexta-feira (8), o ministro declarou:

“Ele se manifestou [sobre o julgamento] antes da votação, em uma reunião de ministros, e disse que nós não iríamos tomar posição em relação ao julgamento, que o governo não iria se manifestar”, afirmou.

Durante a campanha eleitoral, Bolsonaro repetiu, por mais de uma vez, que seu governo defenderia a manutenção da agora antiga jurisprudência.

Conexão Política

COMPARTILHA