Bolsonaro vai ao velório do paraquedista que morreu em acidente

COMPARTILHE!

O presidente Jair Bolsonaro irá ao Rio de Janeiro neste domingo (21/06) para o velório de um soldado do Exército que após um salto de treinamento da Brigada de Infantaria Paraquedista, no Campo dos Afonsos, Zona Oeste do Rio. O paraquedas não abriu adequadamente.

A equipe se segurança do presidente já embarcou para o Rio para preparar todo o percusso até onde será o velório. Bolsonaro quer fazer uma grande homenagem ao militar. Ele foi paraquedista durante parte do período que passou no Exército.

Segundo o Comando Militar do Leste, o militar Pedro Lucas Ferreira Chaves estava a bordo de uma aeronave C-105 Amazonas para um exercício. Mas ficou preso à aeronave e, após os procedimentos de emergência, a abertura do paraquedas do militar não ocorreu adequadamente.

Diz o comando Militar do Leste: “O soldado Chaves sofreu ferimentos graves por ocasião de sua chegada ao solo, recebendo, de imediato, os primeiros socorros por parte da equipe médica local”. Foi, então, levado para o Hospital Geral do Rio de Janeiro, na Vila Militar, mas não resistiu.

O Comando Militar do Leste assegura que vem prestando todo o apoio psicológico e religioso à família do militar. “Os integrantes do Comando Militar do Leste e da Brigada de Infantaria Paraquedista sentem-se consternados pela perda e rogam a Deus pelo conforto da família enlutada”, ressalta o Comando.

COMPARTILHE!

Janaína sobre Weintraub: “Dizer que o homem é um fugitivo internacional chega a ser ridículo”

TCU: Gestão Mandetta coloca funcionários no banco dos réus por contrato suspeito