BOM EXEMPLO: Acusado de tráfico de drogas, surfista é morto nas Filipinas

COMPARTILHE!

O surfista Diego Bello Lafuente foi morto na última quarta-feira em confronto com a polícia das Filipinas em uma operação antidrogas na ilha de Siargao. Segundo as autoridades locais, o espanhol de 32 anos era um “traficante de drogas de alto valor” e tinha em mãos cocaína e 30 mil pesos filipinos (cerca de R$ 2,4 mil) em bilhetes marcados.

De acordo com um porta-voz da polícia, a operação aconteceu em legítima defesa – o surfista teria atirado primeiro contra os oficiais. Lafuente foi baleado e levado ao hospital, mas não resistiu e teve a morte confirmada.

O surfista morava temporariamente na ilha de Siargao, local bastante popular entre os praticantes do esporte. Ele tinha negócios relacionados com turismo, e a família nega qualquer envolvimento do atleta com o tráfico de drogas.

Torcedor declarado do Deportivo La Coruña, Diego chegou a jogar futebol nas categorias de base do time espanhol e ainda foi o garoto-propaganda no lançamento da camisa do clube na temporada 2017-2018. O clube prestou uma homenagem ao atleta em suas redes sociais: “Deportivista com todas as letras e homem do mar” .

G1