O juiz Federal titular da 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro, Marcelo Bretas, fala durante Simpósio de Combate à Corrupção, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Bretas será julgado por ir a ato com Bolsonaro

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO


Em fevereiro, juiz foi com o presidente e com o prefeito do Rio de Janeiro à inauguração de uma alça na Ponte Rio-Niterói e a uma festa evangélica.

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2) vai julgar a conduta do juiz federal Marcelo Bretas, do Rio, por participar de eventos políticos ao lado do presidente Jair Bolsonaro e do prefeito do Rio, Marcelo Crivella.

O julgamento está marcado para a próxima quinta (17) e deve elevar a temperatura no Judiciário por uma coincidência explosiva: Bretas começou a ser investigado em maio pelo TRF-2 por determinação do presidente do STJ (Superior Tribunal de Justiça), Humberto Martins, que era então corregedor nacional de Justiça.

Continua depois da publicidade

NBO

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO

Porque Bolsonaro não cai? A justificativa mais plausível se encontra na intrepidez de um homem que resolveu crer

URGENTE! Bolsonaro veta perdão a dívidas tributárias de igrejas e templos