Caiado proíbe vacinação obrigatória contra a Covid-19 em Goiás

Compartilhar

Governador diz que não é possível impor imunização porque o cidadão ‘tem o direito de poder fazer a sua escolha’. Lei, que já está em vigor, foi proposta por deputado sob justificativa de que vírus ‘não é letal’.

O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), sancionou a lei que que proíbe a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 no estado. Com isso, cabe ao cidadão decidir se quer ou não ser imunizado. A decisão passou a valer na terça-feira (12), quando foi publicada no Diário Oficial.

A lei diz que “é assegurado à pessoa residente no Estado de Goiás o direito de não se submeter de forma compulsória à vacinação adotada pelo Poder Público para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19”.

O projeto de lei já havia sido aprovado na Assembleia, em duas votações, em dezembro do ano passado. Entre as justificativas usadas, o autor do texto, deputado delegado Humberto Teófilo (PSL), disse que a obrigatoriedade feria o direito à liberdade individual. Ele também alegou que o vírus “não é fatal”.

Caiado defendeu que a decisão de não se vacinar é uma “prerrogativa do cidadão” e que ele não pode ser obrigado pelo estado a fazê-lo.

“Não se impõe obrigatoriedade. Isso é uma prerrogativa do cidadão. Cada cidadão tem o direito de poder fazer a sua escolha. Não podemos impor, num regime democrático, com uma constituição cidadã, que a pessoa amanhã seja privada de algo que ele deseja”, avalia.

Ele disse ainda que vai mostrar à população a importância da vacinação e que gostaria “estar no primeiro lugar da fila” para receber a dose e que quem não o fizer pode estar sujeito a determinadas restrições.

“É lógico que quando ele for fazer uma viagem, se isso for uma condicionante, ele não vai poder fazer a viagem. Em algumas circunstâncias, ele poderá não poder ocupar um cargo ou uma função se não tiver uma vacina. Agora, o estado não pode determinar que a pessoa tenha que ser vacinada”, destaca.

“A vacina será ofertada a população, agora não pode impor à população. Farei toda campanha no sentido de motivar as pessoas. Já disse dezenas de vezes que queria estar no primeiro lugar da fila para tomar a vacina. Vou conclamar a todos que vacinem, mas por livre e espontânea vontade”, conclui.

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Goiás (OAB-GO), se manifestou no mesmo sentido. De acordo com o presidente da Comissão de Direito Constitucional, Ponciano Martins Souto, a medida tem amparo jurídico.

“Cidadão não pode ser forçado a vacinar. O cidadão precisa ter mecanismos adequados a vacinar, por exemplo, uma imposição de multa e outras restrições. Não pode, de forma alguma ser obrigado a vacinar. Penso que o estado de Goiás fez uma opção e não vejo essa opção seja juridicamente inadequada”, pontua.

agoranoticiasbrasil

ATENÇÃO PATRIOTA. Não deixe o site acabar! O site precisa e muito do apoio de seus leitores para continuar. Dependemos unicamente do financiamento do nosso público leitor, por meio de doações para tocar adiante nosso projeto. O site é hoje um dos poucos veículos da chamada imprensa independente que mantém-se fiel ao compromisso com a verdade dos fatos e a defesa de valores conservadores. Dentre os demais, muitos renderam-se ao chapa-branquismo desbravado, lançando mão até mesmo da divulgação de conteúdos falsos ou enganosos para esse intento. Esse tipo de conduta você jamais irá ver aqui. Estou nesse momento apelando encarecidamente ao nosso público para que contribua conosco. Você poderá fazer esta contribuição clicando em DOAR abaixo. Fernando Amaral Produtor


Participe e comente
ÚLTIMAS DA HORA
Querido Jair, ela está com Deus, sem dúvida...
Pai desesperado com filho que vacinou, morreu.
Lula aparece na rua e o povo manda um recado...
Mãe de Bolsonaro morre aos 94 anos
Elza Soares morre aos 91 anos, alguém lembra?
Deputado detona Moraes e Fux: “Existe uma necessidade urgente de trazer ordem ao STF”
Como ACABAR com os sites de esquerda e as big techs!
URGENTE: STF manda punir pais que não vacinam filhos
TEM TRETA? Aaa... Anvisa barra spray nasal israelense contra Covid-19
OLHA O PAPO! Mais de 60% das reações à vacina são psicológicas, diz estudo
SHOW: Fábio Faria solta o verbo contra a velha mídia (veja o vídeo)
Bolsonaro detona Pfizer e alerta os pais sobre vacina em crianças
Grávida de trigêmeos exibe foto inacreditável da barriga um dia antes do parto
VÍDEO: Gastou $10 Bilhões em vacinas e ganhou $200 Bilhões, canalha....
“Pode te soltar mil vezes... A gente sabe o que você fez” (veja o vídeo)
Presidente da Unimed sofre após falar sobre vacinas
Veja como ficou o sangue da mulher após "picadinha"
‘STF terá candidatura própria ou vai coligar com o PT?’
Se Jefferson morrer na cadeia de quem será a culpa?
O mistério das pesquisas eleitorais
Novas revelações de Carvajal assombram o PT e tiram o sono de Lula (veja o vídeo)
Justiça arquiva processo de Lulinha na Lava Jato
“Proibiremos o Telegram no país? Algo precisa ser feito”
Bocó da mídia diz que Twitter recebeu 7 mil e-mails cobrando ação contra fake news
Essa é boa! Justiça condena veterinária a pagar R$ 50 mil por burlar sistema e tomar três doses de vacinas contra Covid-19 por conta própria em SP
Compartilhar

“O ex-presidiário Lula jamais terá o apoio maciço dos evangélicos”, afirma deputado (veja o vídeo)

Governo Bolsonaro prepara ‘pacote’ de benefícios para PMs

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.