Carta de Palocci ao PT retrata toda a imoralidade de Lula e deve ser lembrada todos os dias (veja o vídeo)

Compartilhar

Em 26 de setembro de 2017, o ex-ministro Antonio Palocci pediu a desfiliação do PT, legenda da qual fazia parte desde 1981, quando ajudou a fundá-la

Acabava, assim, mais uma história com altos e baixos, sendo o momento mais alto, nas dependências do Palácio do Planalto, com a chegada ao poder, de Lula e seus ministros, e o mais baixo, ironicamente, também nas dependências do Palácio do Planalto, quando ainda ocupavam o poder, mas já tinha feito dele um ambiente que em nada lembraria os cargos solenes e a responsabilidade que carregavam nas costas, mas um lugar obscuro e palco de falcatruas e de corrupção.

Neste meio tempo, com o partido já desmoralizado, dezenas de políticos investigados, processados e presos em um gigantesco e bilionário esquema de desvios de dinheiro púbico, do qual Palocci foi coadjuvante e, depois, delator, um ex-presidente prestes a ir para trás das grades. e outra, retirada da cadeira presidencial pelo impeachment, vimos a derrocada da esquerda brasileira e a ascensão dos conservadores (graças à corajosa e quase solitária luta de Jair Bolsonaro).

Mas no meio do caminho tinha uma ‘justiça seletiva, de rabo preso e, principalmente, ativista”. E agora, solto, o ex-presidiário e ex-condenado faz de tudo para voltar ao local onde jamais deveria ter pisado.

Por isso é preciso, todos os dias, lembrarmos do conteúdo gravíssimo da carta de Palocci, no dia de sua desfiliação.

Nele, temos a ‘verdade nua e crua’ sobre Lula. É um retrato perfeito da figura que um dia foi (ou fez parecer ser) e do ser ignóbil que se tornou. Do ‘é o cara’, dito pela boca de Barack Obama, ao ‘cara de pau’, que passou a sair da boca do povo.

Naquele mesmo 26 de setembro, a reportagem do Jornal Hoje – quando a Globo ainda conseguia praticar o jornalismo – resumia os principais trechos da carta de desfiliação:

Sei dos erros e ilegalidades que cometi e assumo minhas responsabilidades mas não posso deixar de destacar o choque de ter visto sucumbir ao pior da política no melhor momento de seu governo. O cara dissociou-se definitivamente do menino retirante, para navegar no terreno pantanoso do sucesso sem crítica, do tudo pode, do poder sem limites, onde a corrupção, os desvios e as disfunções que se acumulam são apenas detalhes, notas de rodapé, no cenário entorpecido de petrodólares que pagarão a tudo e a todos.

Nada importava, nem mesmo o erro de eleger e reeleger um mal governo que redobrou as apostas erradas, destruindo uma a uma, cada conquista social e cada um dos avanços econômicos tao custosamente alcançados.
Um dia, Dilma e Gabrielli (Sérgio Gabrielli, presidente da Petrobras entre 2005 e 2011) dirão a perplexidade que tomou conta de nós após a fatídica reunião na biblioteca do Alvorada, onde Lula encomendou as sondas e as propinas, no mesmo tom, sem cerimonias, na cena mais chocante que presenciei do desmonte moral da mais expressiva liderança popular que o país construiu em toda a nossa história
Até quando vamos fingir acreditar auto proclamação do homem mais honesto do pais, enquanto os presentes, os sítios, os apartamentos e ate o prédio do instituto são atribuídos à dona Marisa. Afinal somos um partido politico sob a liderança de pessoas de carne e osso ou somos uma seita guiada por uma pretensa divindade?

Coordenei várias campanhas eleitorais, em vários níveis e puder acompanhar de perto, a evolução do nosso poder e nossa deterioração moral. Assumo minhas responsabilidades quanto a isso, mas lamento dizer que nos acertos e nos erros, nos trabalhos honrados e nos piores atos de ilicitudes, nunca estive sozinho.

Talvez seja interessante mostrar esta carta àquele seu vizinho esquerdopata!

jco



Participe e comente
ÚLTIMAS DA HORA
Bolsonaro sanciona lei que devolve PIS/Cofins cobrado na conta de luz
Papa comunista diz que “Deus não existe”; VEJA VÍDEO
Chefe de facção criminosa do Ceará que ostentava vida de luxo é presa
PEC prevê Auxílio Brasil de R$ 600, voucher caminhoneiro de R$ 1 mil e vale-gás mensal de R$ 120
Pedro Guimarães diz ter “vida inteira pautada pela ética”
Pedro Guimarães demitido. Entra Daniella Marques, braço direito de Guedes
Em um vídeo impressionante da “motociata” de hoje, morador de Maceió ironiza “como que Lula lidera as pesquisas?” , VEJA
Sargento da FAB conquista ouro em mundial de tiro com arco realizado na França, VEJA VÍDEO
Presidente da Caixa é acusado de assédio sexual por funcionárias: “Parecia um boto se exibindo”
Senadores cobram criação de três CPIs já protocoladas no Senado
Nova PEC no Congresso limita poderes do STF e define mandato para ministros
Ministério da Defesa indica militares que vão fiscalizar eleições
Renan Calheiros pode ser presidente da CPI do MEC
Mulher trans vence menina em torneio de skate feminino em NY
Cármen Lúcia pede que PGR avalie se Bolsonaro cometeu crime no caso de Milton Ribeiro
Gilmar Mendes é diagnosticado com Covid-19 em Portugal
STJ retoma processo do TCU que cobra R$ 2,8 milhões de Deltan Dallagnol
Ex-ministro Milton Ribeiro é preso em operação da PF
Lula: "Bolsonaro foi ao Exército para ”aprender a ser homem”
Presidente da Petrobras deve renunciar nesta segunda-feira
Lira chama a Petrobras de ‘criança mimada’ e diz que o Brasil pode enfrentá-la
A luta de Bolsonaro para baixar impostos no Brasil
Globo é condenada por sexismo contra jornalista
Adolescentes levam bronca por uso de drogas e colocam fogo em escola estadual
Bolsonaro diz que TSE não aceitou contagem simultânea de votos
Compartilhar

“Cancelamento” tenta agir contra Fiuza, fracassa miseravelmente e vira motivo de chacota

“O ex-presidiário Lula jamais terá o apoio maciço dos evangélicos”, afirma deputado (veja o vídeo)

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.