CHAPA QUENTE, GILMAR: Mourão cobra retratação e pede ‘grandeza moral’

COMPARTILHE!

“Vi o cidadão Gilmar Mendes fazer uma crítica fora de propósito”, diz Mourão.

O vice presidente da República, Hamilton Mourão, cobrou, nesta terça-feira (14), um pedido de desculpas do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes.

No último sábado (11), Gilmar vinculou as Forças Armadas à prática de genocídio, em virtude das mais de 70 mil mortes provocadas pela pandemia de coronavírus no Brasil.

Em entrevista exclusiva à emissora CNN Brasil, nesta terça-feira (14), Mourão declarou:

“Se tiver grandeza moral ele tem que se retratar. Eu não vi interferência [do ministro], vi o cidadão Gilmar Mendes fazer uma crítica fora de propósito.”

Mourão ressaltou que genocídio é característica de regimes ditatoriais, como os do soviético Josef Stalin e o alemão Adolf Hittler.

Na manhã de hoje, Gilmar Mendes publicou uma nota afirmando que não atingiu a honra das Forças Armadas, mas reiterou sua crítica ao recrutamento de militares “para a formulação e execução de uma política de saúde que não tem se mostrado eficaz” no combate à pandemia de coronavírus.

Renova Mídia

COMPARTILHE!

Piada? Não! Presidente da CPMI das Fake News fez live com “Luciano Ayan”, preso por fraude e fake news

JÁ CHEGOU NOS USA! Esquilo com peste negra é encontrado nos EUA