阿里办公区

China “sumiu ” com o dono e agora vai estatizar Alibaba

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Informações da China indicam que o governo chinês pode estar trabalhando em um plano para nacionalizar o Alibaba do magnata Jack Ma e o Ant Group, diz reportagem do portal IBTimes.

O Partido Comunista Chinês (PCCh) iniciou uma investigação na empresa pouco tempo depois de o bilionário chinês fazer críticas à política econômica do governo e aos bancos controlados pelo PCCh.

As agências investigadoras instalaram um escritório na sede do Alibaba em novembro. Além da gigante do comércio eletrônico, os investigadores também estão investigando o gigante da mídia social Tencent e uma outra empresa de comércio eletrônico, Meituan.

Song Qing, especialista do setor de finanças da Internet, disse à Radio Free Asia que a investigação faz parte dos planos do CCP de nacionalizar o Ant Group e o Alibaba. “Essas nacionalizações estão definitivamente acontecendo, e [a investigação antitruste] provavelmente acelerará esse processo”. Qing acredita que o governo quer usar as investigações como um “exemplo” aos empresários chineses.

Xi Jinping, o presidente chinês e secretário-geral do PCCh, disse em outubro que o plano era tornar a China uma economia mais controlada pelo Estado com base na demanda doméstica. Os observadores acreditam que a política econômica da China está prestes a sofrer grandes mudanças. Muitos acreditam que Xi mudará o padrão de propriedade no país.

Em tempo: a Bloomberg informou que uma diretiva emitida pelo braço de propaganda do governo no final do ano passado ordenou que os meios de comunicação ecoassem estritamente a linha oficial sobre a investigação do gigante da tecnologia e os proibiu de se envolver em reportagens originais e análises extensas, ou tirar suas próprias conclusões sem autorização. As restrições também se aplicam a Jack Ma, o cofundador da empresa.

Senso Incomum

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Bolsonaro sobre vacinas: “A gente não sabe o efeito colateral”

#RenunciaDoria fica no topo do Twitter