Coitadinho, SQN! “Não posso mais andar na rua sozinho”, diz Glenn Greenwald

COMPARTILHE AGORA!

Após divulgar supostas conversas dos procuradores da Lava Jato e do ex-juiz Sergio Moro, o jornalista e militante politico de esquerda Glenn Greenwald, do The Intercept Brasil, contou à Folha de S. Paulo como mudou a vida dele:

“Minha vida mudou completamente. O que eu mais gosto de fazer no Rio é andar sozinho nas ruas. Não posso mais fazer isso”, disse. “Tínhamos três câmeras de segurança, tivemos que aumentar para 30. Temos carro blindado e seguranças 24 horas por dia”, contou.

Glenn sentiu a pressão do povo brasileiro ao abrir uma frente de ataque contra a Lava Jato, defendida pela absoluta maioria da população do país. Por onde vai, tem sido alvo de protestos. Sobre as investigações, o jornalista afirma não estar intimidado.

“Não devo nada, então não me intimida essa investigação da Polícia Federal ou o Coaf [sobre suas transações financeiras]. Mas eles estão criando um clima de medo, é uma tentativa de assustar e intimidar jornalistas”.

República de Curitiba

COMPARTILHE AGORA!