Congresso de El Salvador destitui membros do Supremo Tribunal de Justiça e procurador-geral

Compartilhe!

Magistrados são acusados de proferir sentenças consideradas arbitrárias.

A nova Assembleia de El Salvador, controlada pelo jovem presidente Nayib Bukele, decidiu ontem, 1º de maio, destituir dos seus cargos os integrantes da Câmara Constitucional do Supremo Tribunal de Justiça e o procurador-geral do país.

Continua após a publicidade

“Com 64 votos a favor, 19 contra e um ausente, é aprovado o decreto que destitui os magistrados”, declarou o presidente do Congresso, Ernesto Castro.

De acordo com os parlamentares, os membros da Câmara Constitucional e seus suplentes foram destituídos sob acusação de proferir sentenças consideradas arbitrárias. Os substitutos foram imediatamente nomeados e, escoltados pela polícia, chegaram ao Palácio de Justiça para assumir os cargos.
,
“E o povo salvadorenho, por meio de seus representantes, disse: ‘destituídos!’”, afirmou o presidente Bukele, após a aprovação da medida.

Revista Oeste

Compartilhe!

Médica pediu a morte e implora o perdão de Bolsonaro, após ter diploma cassado

Milagre! Sangue de São Januário se liquefez

Continua após a publicidade

Comentários


Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.