CPI ao vivo: Marcos Tolentino, suposto ‘sócio oculto’ de fiadora da Covaxin depõe

Compartilhar

A CPI da Covid ouve nesta terça-feira (14) o advogado e empresário Marcos Tolentino, apontado como sócio oculto do “FIB Bank”.

A empresa ofereceu uma carta-fiança de R$ 80,7 milhões no contrato firmado entre a Precisa e o Ministério da Saúde para a compra da Covaxin.

É a 2ª tentativa da comissão de colher o depoimento de Tolentino.

A Justiça havia autorizado a condução coercitiva do empresário, caso ele não comparecesse.

Renan quer que Lira tenha prazo para decidir sobre impeachment após CPI.

Compartilhar

STF deve julgar se Cunha, assim como Lula, vai ter condenação anulada

Saída temporária: Suzane e Anna Jatobá deixam presídio; Elize exibe cartaz com mensagem para filha

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.