Damares denuncia o sucateamento da Funai herdado dos governos anteriores (Veja o Vídeo)

VAMOS COMPARTILHAR!

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, denuncia mais um descaso com o dinheiro público herdado dos governos anteriores.

A ministra vistoriou oito aeronaves da Fundação Nacional do Índio (Funai), no fim de semana passado, e se surpreendeu com o estado de sucateamento dos aviões.

As aeronaves estavam abandonadas desde 2010, quando a competência pelo atendimento pela saúde indígena foi transferido da Funai para o Ministério da Saúde.

Os prejuízos acumulados, somente com as dívidas dos alugueis para manter as aeronaves nos hangares, somam mais de R$3 milhões.

Além de sucateadas, as aeronaves, foram saqueadas e os restos estavam em estado de deterioração.

“É o descaso que deixaram para a Funai e o retrato da vergonha que era a Funai no passado! Vou ter que pagar de aluguel aqui, milhões; e a aeronave está avaliada em R$1.000,00 – agora no leilão. Absurdo! Absurdo!” – disse a Ministra num vídeo que ela publicou em suas redes sociais.

O edital do leilão que a ministra se refere deve ser lançado dentro de 30 dias.

De acordo com a Agência Brasil os aviões estão em Goiânia (GO), Brasília (DF), no Rio de Janeiro (RJ) e em Itaituba (PA).

s aeronaves eram utilizadas pela Funai para atender as regiões indígenas com vacinas e medicamentos. Os aviões também eram utilizados para transportar os índios em atendimentos médicos; as equipes médicas e técnicos as reservas indígenas.

“Verificamos que turbinas e motores foram roubados. É difícil apurar responsabilidades. No caso do avião do Rio de Janeiro, não se sabe quando ele chegou. Há uma hipótese de que tenha chegado em 2013. Temos aeronaves em pátios particulares que a cobrança está chegando. O que vamos apurar no leilão não paga 20% do que está sendo cobrado por pátios particulares”, disse Damares em entrevista a EBC.

Veja o vídeo:

Edivaldo de Carvalho


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

VAMOS COMPARTILHAR!