Delegada é investigada por passear em lancha da Polícia no Marajó e aparecer dançando funk em gabinete

VAMOS COMPARTILHAR!

Em vídeo publicado nas redes sociais, a delegada descreve o momento da dança com a palavra “ociosidade”.

Uma delegada lotada no município de Chaves, no Marajó, está sendo investigada por conta de imagens onde ela aparece, sem uniforme funcional e com roupas de passeio, na lancha da Polícia Civil, que deveria ser utilizada exclusivamente em operações na região, segundo a Corregedoria. Na foto, divulgada em rede social, a delegada aparece com outras duas pessoas na embarcação. O G1 tenta contato com a servidora.

Em vídeo postado na internet, a delegada também aparece dançando funk dentro do gabinete na delegacia, com a legenda “ociosidade”.

A Corregedoria da Polícia Civil informou que realiza apuração interna sobre a publicação do vídeo e, ainda, do uso da embarcação para fins pessoais. Ainda de acordo com a Polícia, que confirmou que a lancha é, de fato, de propriedade da corporação, não há previsão para o resultado das investigações.

A delegada foi chamada para prestar esclarecimentos à Diretoria de Polícia do Interior (DPI) sobre o uso pessoal da lancha da Polícia. Conforme o andamento das apurações, um novo procedimento deve ser aberto para coleta mais detalhada de informações, segundo nota da Polícia Civil.

O caso chamou a atenção também do Ministério Público do Pará (MPPA). Nesta terça (11), o órgão informou que a Promotoria de Justiça de Chaves entrou em contato com a Delegacia Geral de Polícia Civil, reforçando o pedido de abertura do procedimento administrativo disciplinar. Após a conclusão, uma cópia deve ser enviada à Promotoria do município.

VAMOS COMPARTILHAR!