Depois de 2 anos, mandato medíocre de Raquel Dodge termina hoje

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, durante o III Fórum Jurídico, realizado pela Escola de Magistratura Federal da 1a Região.

É PRA COMPARTILHAR!

Após dois anos comandando a PGR (Procuradoria-Geral da República), Raquel Dodge deixará o cargo nesta terça-feira (17).

Em seu lugar, assume interinamente o subprocurador Alcides Martins, vice-presidente do Conselho Superior do Ministério Público Federal.

O subprocurador Augusto Aras, indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para ser o novo PGR, será sabatinado pelo Senado Federal somente na semana que vem, quando também deverá ocorrer a votação.

Dodge foi a primeira mulher a ocupar do cargo de comandante do Ministério Público.

Ela foi indicada em 2017 pelo ex-presidente Michel Temer (MDB).

Na ocasião, seu nome foi aprovado no Senado por 74 votos a 1.

Conexão Política

É PRA COMPARTILHAR!