Depois de tanto “lulez” e “dilmês”, enfim um discurso sensato de um presidente…

Vamos compartilhar!

Eu juro que tento entender vocês…

Ouvi mil vezes! Vocês foram dormir e eu fiquei aqui.

ISSO pra mim é um discurso sensato de um presidente…

Informa que o governo está se preparando desde quando trouxe os que estavam na China. SINAL AMARELO.

Explica que o Ministro da Saúde logo reuniu-se com quase todos os Secretários de Saúde dos estados para já bolarem um plano estratégico de combate ao vírus.

Elogia seu Ministro da Saúde, que tem indiscutivelmente, feito um excelente trabalho.

Fala da preocupação de não gerar pânico e histeria (para evitar prateleiras vazias até de papel higiênico e remédios). E critica a forma que a mídia estava atuando, elogiando a mudança mais recente de postura.

Pondera sobre a necessidade de salvar vidas e evitar desemprego em massa.

Diz que o vírus chegou, está entre nós. SINAL VERMELHO.

Mas acalma o povo dizendo que em breve passará (Visto que todos os outros países que souberam do vírus pelos italianos, o contiveram melhor, faz sentido que aqui isto também aconteça – a quarentena ocorreu com muito mais antecedência).

Diz que a vida segue e os empregos devem ser mantidos e o sustento das famílias preservado. E que devemos voltar a normalidade. SINAL VERDE.

Mas chama a atenção para mantermos o cuidado com os acima de 60 anos, respeitando as orientações do Ministério de Saúde. SINAL AMARELO.

E então, fala que o mundo todo (os maiores infectologistas, melhores médicos, os maiores laboratórios) está unido, buscando a cura.

Conta que tem recebido notícias positivas justamente sobre um remédio amplamente fabricado no Brasil.

Depois assume que acredita em Deus! E presta uma homenagem a todos que estão dando suas vidas por nós, na linha de frente do combate ao vírus.

Por fim, reforça que sem pânico e histeria, temos tudo para vencer este vírus, e nos tornarmos uma grande nação. E o mais importante: fala em união! Quando muitos falam em divisão…

Sério que vocês sabem mais que o presidente do Brasil qual é a real? Sério que acham que ele ia pôr o dele na reta, arriscando perder o apoio da maioria, ou sofrer este maldito impeachment que vocês insistem em obter em plena pandemia, se não estivesse com muitas informações e segurança?

Acorda Brasil Vamos, sim, nos arriscar a morrer, para salvar este povão que já morre diariamente de fome ou falta de atendimento médico, com ou sem vírus!

Veja o vídeo:

(Texto de Marta Sertã de Paula)

JCO

Vamos compartilhar!