“Desculpa uma “porra”, diz Coronel José Walterler dos Santos Silva,que irá entrar com uma Ação de Indenização por Danos Morais contra o colégio Marista de Natal

O coronel da PM José Walterler dos Santos Silva, da reserva remunerada da corporação, afirmou na tarde desta terça-feira ao Blog do FM, que irá entrar com uma Ação de Indenização por Danos Morais contra o colégio Marista de Natal.

Ao se dizer indignado com a charge “imoral, abusiva e criminosa”, produzida em ‘avaliação dignóstica’ sobre ética e destinada a turmas do ensino fundamental, o militar classifica como deturpação irresponsável contra a figura do policial militar e afirma que o colégio ou algum funcionário deverá responder judicialmente.

Segundo ele, o estabelecimento de ensino atingiu a honra e dignidade dos PMs. “Isso é inaceitável. Uma vergonha o colégio do nível e prestígio do Marista se prestar a esse papel ideológico e preconceituoso contra uma instituição do porte da Polícia Militar. Desculpa uma porra. Vou entrar com ação por danos morais contra o Marista”.

Continua depois da publicidade

A desculpa esfarrapada do Colégio Marista:

NOTA À IMPRENSA 2/9/2020

O Colégio Marista de Natal esclarece o ocorrido em relação a avaliação diagnóstica realizada nesta segunda (1º) para uma turma do Ensino Fundamental. O objetivo da questão era abordar o tema: comportamento humano e convivência social nos dias atuais. Sendo os eixos temáticos: verdade, mentira, respeito, violência e intolerâncias. Não houve em momento algum, a intenção de desmerecer a profissão de policial, tão valorosa e importante para a nossa sociedade. Lamentamos ter causado qualquer situação constrangedora à categoria e outros.

Colégio Marista de Natal

FM

A Trombeta News

COMPARTILHE E COMENTE ABAIXO

As propinas da Odebrecht em um quarto de hotel: O deputado petista e ex-presidente da Câmara

CRIME: Dilma usa carteiro para distribuir propaganda eleitoral

Comente!

Selecionados para você!