Doria destrói a bela imagem do Instituto Butantan

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

“Fiz a conta três vezes. Pelo número que deram a eficácia é de 49%”.

A epidemiologista e vice-presidente do Instituto Sabin Denise Garrett afirmou nesta terça-feira (12), ao ser questionada pelo O Antagonista, que a eficácia geral da CoronaVac com base nos dados apresentados hoje pelo Instituto Butantan é de 49%, diferente dos 50,38% divulgados hoje.

“Fiz a conta três vezes. Pelo número que deram a eficácia é de 49%”, afirmou a epidemiologista ao site.

Ela acredita que possa ter havido algum erro do Instituto Butantan na divulgação dos dados do estudo da fase três ocorrida hoje.

O Butantan também não incluiu na apresentação de hoje a quantidade de assintomáticos, o que poderia reduzir ainda mais a taxa de eficácia, dependendo do cálculo.

Questionado por meio da assessoria de imprensa, o Instituto Butantan ainda não respondeu sobre a inconsistência dos dados.

Além de uma taxa geral de eficácia menor do que a anunciada na semana passada (78%) e da insignificância estatística da amostragem de casos graves, Dimas Covas e sua equipe apresentaram hoje um estudo que mostra a participação de 9.242 voluntários.

Na semana passada, Covas falou em mais de 12 mil, e, em outras oportunidades, também foram divulgados contingentes de 13 mil e de 15 mil.

Agora Notícias Brasil

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Doria vira piada no mundo: TV NOS USA CAI NA GARGALHADA, APÓS OS RESULTADOS DE 49% DE “EFICIÊNCIA” DA VACINA

Como é que é? Australianos aconselham sexo com distância de 1,5 metros para prevenir Covid