Doria jamais conseguirá o seu intento maligno

A situação de calamidade pública, que foi reconhecida na “Lei do Covid” (Lei 13.979/2020), que uma parte da direita critica por ter, supostamente, aberto a porta para vacinação compulsória (com o que eu não concordo absolutamente, pois a lei, nesse caso, não admite interpretação extensiva, mas posso abordar o assunto depois), vigorará ATÉ 31 DE DEZEMBRO DE 2020.

Depois dessa data, volta tudo ao estado anterior. É como se a lei não existisse mais… A situação excepcional, para a qual ela foi aprovada, não mais persistirá.

Portanto, esqueçam esse negócio de “obrigar a tomar vacina” contra covid.

Continua depois da publicidade

Dória jamais conseguirá esse seu intento maligno.

O relógio está contra ele.

Isso tem dia e hora para acabar.

Daqui a 2 meses, ele será relegado ao ostracismo.

Virará apenas uma figura decorativa que se arrastará no Palácio dos Bandeirantes por 2 anos, sem qualquer futuro político.

JCO

COMPARTILHE E COMENTE ABAIXO

Amoêdo precisa assumir sua responsabilidade sobre o candidato que defende o tráfico

A Lava Jato do PCC está em pleno andamento e já chegou a empresários que lavam dinheiro com o crime há décadas

Comente!

Selecionados para você!