“Escárnio”: Frente Parlamentar Evangélica repudia convite de Maia a Felipe Neto

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO


A Frente Parlamentar Evangélica criticou a decisão e repudiou o convite do presidente da Câmara, Rodrigo Maia, ao youtuber de esquerda, Felipe Neto para participar de uma reunião para discutir o projeto de lei que trata sobre “fake news”, a ‘PL da Censura’.

Parlamentares evangélicos combatem tese do ‘abuso de poder religioso’ no TSE

“O presidente da Câmara, mesmo depois de eleito, tem total liberdade para fazer a sua agenda, entretanto as agendas sobre o projeto de lei da FakeNews com um jovem que já foi processado e condenado de publicar notícias falsas é um escárnio”, afirmou a frente parlamentar em nota.

Continua depois da publicidade

A Frente Parlamentar Evangélica ainda informou que já solicitou o cancelamento da agenda, sugerindo que, se é de interesse do parlamentar prestar solidariedade ao youtuber, “que o faça em seu próprio nome em agenda privada”.

O convite foi feito por Rodrigo Maia no último sábado (1°) enquanto o parlamentar defendia o influenciador digital de críticas nas redes sociais. Na ocasião, Maia lançou o convite para que ele participe de uma reunião com o objetivo de, segundo Maia, “discutir e melhorar o PL que está na Câmara”, que trata sobre o projeto de lei que tramita atualmente no Parlamento.

Gazeta Brasil

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO

ESPECIAL: Inquérito da Lava Jato contra Rodrigo Maia está há um ano na gaveta da PGR

‘Fachin restabelece a dignidade do STF’, diz Modesto Carvalhosa