”Eu não me sinto preparada para isso”, diz Regina Duarte sobre convite para a Secretaria de Cultura

COMPARTILHE!

Regina Duarte explicou que o convite partiu do próprio Bolsonaro, por telefone.

Na noite desta sexta-feira (17), a atriz global Regina Duarte falou, em entrevista à Jovem Pan, sobre o convite do presidente Bolsonaro para a Secretaria de Cultura, no lugar de Roberto Alvim. Regina confessou que esta não é a primeira vez que ela é convidada para ocupar o cargo e que está assustada com o que está acontecendo. Regina revelou que não está preparada para assumir a posição no governo. “Se tem um ministério complicado é esse. Uma secretaria difícil é essa, né?”, interrogou.

A atriz disse que está pensando sobre o assunto e que consultou dois dos seus filhos. “A princípio, eles [filhos] ficaram muito surpresos e um tanto quanto assustados com a possibilidade de visibilidade. É um momento que eu tô tendo que pensar coisas que eu nunca imaginava ter que estar pensando agora”, afirmou. Regina acredita que consigue dar uma resposta ao presidente até à próxima segunda-feira (20).

Segundo Regina, o convite foi feito pelo próprio Jair Bolsonaro, por telefone. “Eu fiquei muito surpresa, porque eu não esperava”, diz ela sobre a ligação. Ela tomou conhecimento da saída de Roberto Alvim na manhã desta sexta-feira (17). “Eu tava muito impressionada e, ainda, digerindo todas as coisas que causaram o afastamento dele [Alvim] da secretaria”, explicou.

A atriz contou que Bolsonaro foi insistente no convite. Ela disse que, ainda na ligação, respondeu a ele que não estava preparada para assumir o cargo, mas ele insistiu. “Se prepara, se prepara porque eu quero você. Tem muita força ao seu favor e tem a minha força também para que você aceite”, teria dito Bolsonaro, segundo Regina. “Eu fiquei muito honrada e emocionada. Eu amo o Brasil. Eu quero fazer o possível para dar certo, para acontecer, mas ainda não sei, porque eu não falei com os três filhos, falei só com dois e ainda tô pesando uma série de coisas bastante importantes”, concluiu a entrevista.

jconline.ne10.uol.com.br

COMPARTILHE!