Facções criminosas de presídios são as maiores ameaças a Bolsonaro

Compartilhe essa notícia!

Especialistas em segurança na internet ajudam a neutralizar terroristas

Com ajuda da Polícia Federal e especialistas em segurança na internet, o novo governo descobriu que organizações criminosas que controlam presídios estão na origem das ameaças ao presidente Jair Bolsonaro e sua família, daí a preocupação em reforçar a segurança na cerimônia posse, nesta terça-feira (1º). Sobretudo em Brasília, São Paulo e Rio de Janeiro, cujos governadores declaram guerra sem trégua ao crime. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As ameaças foram suficientemente graves para serem ignoradas, e as investigações transcorrem em sigilo.

Autoridades policiais fizeram busca inclusive em presídios de São Paulo, Distrito Federal e Goiás, a fim de neutralizar as ameaças.

No anos 1990, a polícia abortou o plano de uma facção criminosa para sequestrar familiares do então presidente Fernando Collor.

Mais recentemente, também foram descobertos planos de facção criminosa para sequestrar e até matar Geraldo Alckmin, em São Paulo.

Fonte: Diário do Poder


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!