TOP DE ACESSOS HOJE

HERANÇA MALDITA DO PT: 543 grandes obras na área da educação estão paradas; contratos superam R$ 3,6 bilhões

É PRA COMPARTILHAR!

Dados da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e abrangem obras com valores acima de R$ 1,5 milhão iniciadas a partir de 2009.

A área da educação brasileira tem 543 grandes obras paradas, com contratos que superam R$ 3,6 bilhões. O levantamento foi feito pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil (Atricon) e obtido pela GloboNews.

Os números foram compilados entre 15 de fevereiro e 15 de março deste ano. As obras abrangem projetos dos governos federal, estadual e municipal e algumas têm financiamento misto. São obras que começaram a partir de 2009 e têm valores acima de R$ 1,5 milhão. Ou seja, obras com valores inferiores a isso, como a construção de uma pequena creche, por exemplo, ou iniciadas antes de 2009, não foram incluídas nessa estatística, o que faz com o que dado real de obras paradas na área possa ser ainda maior.

De acordo com a Atricon, a região Sudeste é a que concentra a maior quantidade de obras paralisadas, 174, o que representa quase um terço (32%) do total.

A Atricon concluiu em junho e divulgou, em meados do mês passado, um resumo, em forma de relatório, sobre um total de 2.555 grandes obras paralisadas no país (com valores acima de R$ 1,5 milhão e iniciadas a partir de 2009), envolvendo todas as áreas (não apenas educação).

Nesse relatório, a Atricon já havia destacado que a área da educação era a mais afetada por esse problema e respondia por 21,3% do total de obras.

No entanto, o relatório não trazia o número absoluto de obras paralisadas na área de educação em todo o país; nem a quantidade de obras por Estado e os valores já pagos por essas obras.

G1

É PRA COMPARTILHAR!