HIPÓCRITAS: MAIORES QUEIMADAS NO BRASIL FORAM NA GESTÃO DE MARINA SILVA NO GOVERNO LULA

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO


Marina Silva é uma das maiores críticas ao Governo Bolsonaro quando o assunto é ações contra as queimadas. Fato pouco divulgado é que durante a gestão de Marina à frente do Meio Ambiente, entre os anos de 2003 e 2008, no Governo Lula, o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) registrou os três maiores índices de queimadas no Brasil.

O recorde é em 2007. De acordo com a ferramenta de monitoramento de queimadas do INPE, foram mais de 393 mil focos registrados. No primeiro ano de Bolsonaro na Presidência, em 2019, este número sofreu uma redução de 49%, comparado a esta estatística da gestão petista.

Recentemente, Marina afirmou que a queimadas na Amazônia é “inócua”, porém a gestão da ex-ministra foi repleta de recordes negativos. No ano de 2004 foi registrada a segunda maior quantidade de focos, foram mais de 380 mil. O ano seguinte foi o detentor da terceira maior marca. Em 2005 tiveram 362 mil.

Continua depois da publicidade

Somados todos os anos da gestão Marina Silva à frente do Meio Ambiente, foram totalizados 1,9 milhão de focos de incêndio, conforme informado na ferramenta do INPE.

Terra Brasil Notícias

COMPARTILHE AGORA E COMENTE LOGO ABAIXO

A TRETA! STF vota contra voto impresso: “inconstitucional”

Damares dispara: “Estou brava, Brasil! Não faremos concessões a nada que erotize ou normalize a pedofilia”