Huck: “Não resolveremos desigualdade com um monte de gente branca”

Television personality Luciano Huck listens during the Veja Political Summit in Sao Paulo, Brazil, on Monday, Nov. 27, 2017. Huck, who had been gaining momentum as a potential presidential candidate, said in a Folha op-ed, he will not run in 2018 election. Photographer: Patricia Monteiro/Bloomberg  

É PRA COMPARTILHAR!

Apresentador participou de evento que reuniu nomes que já se desenham como possíveis adversários de Bolsonaro em 2022.

Nesta segunda-feira (9), o apresentador Luciano Huck participou do ‘Exame Forum’, evento que reuniu nomes que já se desenham como possíveis adversários de Bolsonaro em 2022.

Durante seu discurso, Huck defendeu que se debata no Brasil “o abismo social” e criticou a falta de diversidade no debate público.

“Não vamos resolver desigualdade com um monte de gente branca e rica sentada na Faria Lima”, declarou.

Para o global, que discursou após os governadores João Doria (PSDB-SP) e Wilson Witzel (PSC-RJ), o Brasil regrediu em mobilidade social.

“Precisamos discutir mobilidade social no Brasil. O país já teve mobilidade social, não tem mais. Hoje, se você nascer pobre numa favela, a chance de morrer pobre numa favela do Brasil é enorme”, disse.

Conexão Política

É PRA COMPARTILHAR!