Lançamento / Fernando Haddad - 11-09-2018 - PT confirma Fernando Haddad candidato a presidente. O ex-prefeito de São Paulo assume candidatura de Lula, barrado pela Lei da Ficha Limpa, em chapa com a deputada gaúcha Manuela d’Ávila como vice-presidente. A confirmação oficial ocorreu na frente da Polícia Federal, onde o ex-presidente Lula está preso. Estavam presentes ao lado dele a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, a ex-presidente Dilma Rousseff, o governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, e o senador Lindbergh Farias (PT-RJ).

Manuela D’Ávila pede socorro ao STF para proibir publicações sobre comunismo

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

A candidata a prefeitura de Porto Alegre vai procurar o Ministro Barroso para barrar postagens contra ela.

Neste sexta-feira dia 20 de novembro, a candidata Manuela D’Ávila do PC do B, decidiu pedir ajuda ao Superior Tribunal de Justiça. A saber, a candidata a prefeitura de Porto Alegre, se diz perseguida nas redes sociais por conta das publicações contra o comunismo.

A candidata vai tentar impedir que algumas verdades sobre o comunismo chegue a grande massa, através do Twitter. Por conseguinte, a palavra comunismo é uma das mais comentadas no dia de hoje, com milhares de comentários no Twitter. A saber, explicando que o regime nunca deu certo em lugar algum e que a perseguição sobre cristãos é enorme.

Diante da repercussão nas redes sociais Manuela D’Ávila vai se reunir com Barroso
Após a web fazer um alvoroço gigantesco sobre o comunismo e deixar sua candidatura ameaçada, Manuela D’Ávila, foi para o desespero. Dessa forma, pediu ajuda ao STF para proibir divulgação nas redes sociais sobre comunismo. Numa clara intenção de desinformar a população.

Mas a população em geral já sabe que o comunismo tanto defendido por Manuela D’Ávila, já fez 90 milhões de vitimas em todo o mundo. Além disso, existe perseguição contra cristãos, destroem igrejas e deixam na miséria milhões de pessoas. A saber, todas essas informações são compartilhadas diariamente nas redes sociais, onde o comunismo tem uma rejeição enorme.

Por fim, agora é aguardar o encontro de Manuela D’Ávila com o Ministro Luís Barroso. e torcer para que ele não tome nenhuma decisão autoritária, tirando o direito da população de saber a verdade, e depois tomar sua própria decisão.

News Atual

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

OSSO NA BOCA: Maia articula criação de bloco para eleger seu sucessor

Patologista canadense: “Vírus chinês é a maior farsa já perpetrada contra um público desavisado”