Mauro Halfed: “O dólar está subindo hoje porque a especulação está acabando”

COMPARTILHA

Segundo Mauro Halfeld, a moeda está subindo porque o capital especulativo que se aproveitava dos juros altos no Brasil está saindo do país. Ele explica que o Brasil exportou milhares de empregos nos últimos 25 anos ao deixar dólar barato porque pagava juros altos.

Mauro Halfed afirma que esse não é recorde real do dólar frente ao real.

“Você está preocupado com a alta do dólar frente ao real? eu não estou. O plano real tem 25 anos e acostumou mal parcela da população, que ganhou muito dinheiro aplicando em renda fixa e esbanjou bastante, em viagens ao exterior comprando produtos baratos. Dólar barato foi uma das âncoras do plano real e acabou indo longe demais. Foi usado politicamente muitas vezes porque ele gera uma falsa sensação de riqueza na população. Dólar barato, salário mínimo parece maior e o PIB também fica maior. Só que isso tem um grande custo ao longo prazo. Uma parte importante desde custo é a desindustrialização do Brasil.

Produtos de vestuários, brinquedos que eram feitos por operários brasileiros, passaram a ser importados. Em troca de quê? Em troca de soja e minério de ferro. Isso gerou saldo comercial para o Brasil, mas quebrou uma boa parte dos empresários e destruiu centenas de milhares de empregos. Nos exportamos empregos para China com dólar baixo e juros altos. O lado bom das noticias de hoje, que o dólar não está subindo por conta de uma crise doméstica ou uma crise internacional, pelo contrário, o risco Brasil hoje está super baixo e o país está pagando juros cada vez menores para os credores internacionais. O dólar está subindo hoje porque a especulação está acabando.

Durante anos, o Brasil pagava enormes juros, permitindo que o capital especulativo viesse pra cá, aproveitando desde juro, derrubando o valor do dólar frente ao real, ou seja, valorizando demais nossa moeda. Nesse momento, nos estamos vendo uma correção deste erro histórico. Em tempo, esse tal valor recorde do dólar é de mentirinha. Recorde é apenas nominal, na real mesmo, o dólar lá no final de 2002, ajustado pelas taxas de inflação do Brasil e dos EUA, estaria valendo R$ 7,20 na moeda de hoje. Repito, em 2002 o dólar valia R$ 7,20 corrigindo a moeda. Ou seja, nós estamos muito longe de um recorde real.

cleubercarlos.blogspot.com/2019/11/mauro-halfed-o-dolar-esta-subindo-hoje.html

COMPARTILHA