Moro desafia site que publicou trechos de suas conversas com Dallagnol: “Publiquem tudo se quiserem”

VAMOS COMPARTILHAR!

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, desafiou o site The Intercept Brasil a publicar todo o teor das conversas obtidas pela publicação de suas conversas por meio de um aplicativo de mensagens com procurador Deltan Dallagnol. Moro afirmou, por meio de seu perfil no Twitter, nesta sexta-feira (14) que foi um “descuido” repassar pistas de apuração contra o ex-presidente Lula ao procurador Deltan Dallagnol, mas que agiu dentro da legalidade e que não pretende pedir desculpas “por ter cumprido o meu dever e ter aplicado a lei contra a corrupção e o crime”

As mensagens atribuídas ao ex-juiz e ao procurador foram divulgadas no domingo (9) pelo site The Intercept Brasil. Os trechos divulgados sugerem que os dois trocavam colaborações quando integravam a força-tarefa da Operação Lava Jato.

“Nós lá na 13ª Vara Federal, pela notoriedade das investigações, nós recebíamos várias dessas por dia. Eu recebi aquela informação e, aí assim, vamos dizer, foi até um descuido meu, apenas passei pelo aplicativo. Mas não tem nenhuma anormalidade nisso. Não havia nem ação penal em curso”, justificou Moro esta semana.

“Eu acho que simplesmente receber uma notícia-crime e repassar a informação não pode ser qualificado como uma conduta imprópria”, “Eventualmente pode ter havido um descuido formal, mas isso não é nenhum ilícito, se é a indagação nesse sentido. Eu não cometi nenhum ilícito e estou absolutamente tranquilo de todos os atos que cometi enquanto juiz da Lava Jato”, complementou o ex-juiz, nesta sexta.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

VAMOS COMPARTILHAR!