“O Judiciário, de forma arbitrária, ataca o legislativo brasileiro”, ressalta advogado Marcos Pollon

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Em entrevista ao programa Manhã de Notícias, da TV Jornal da Cidade Online, o advogado Marcos Pollon comentou o caso da prisão do deputado federal Daniel Silveira:

“A Constituição é muito clara em repudiar esse tipo de atrocidade. Atrocidade é pouco para isso. Não tem crime, o Direito Penal é categórico nesse sentido. O que estamos vendo são prisões políticas às dezenas. Não existe crime de opinião no Brasil, além disso, o deputado federal tem imunidade parlamentar assegurada pelo artigo 53 da Constituição Federal. Não foi um deputado bolsonarista que foi preso, foi um deputado federal.”

E prosseguiu:

“Engana-se quem pensa que isso é um ataque ao presidente Jair Messias Bolsonaro, isso é um ataque institucional, está havendo um ataque de um poder constituído a outro poder constituído, onde o Judiciário, de forma arbitrária, ataca o legislativo brasileiro”, ressaltou.

JCO

Ajude-me a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

“Ditador pra mim, justiça pra você”: A esquerda mostra, de forma vergonhosa, a sua deslavada hipocrisia

STF diz que prisão de Silveira foi recado aos militares