O problema de Vélez foi não ter “sangue no olho”

Compartilhe nas suas redes sociais!

Conheço pessoas que são geniais, em suas áreas, mas que não têm nenhuma capacidade de gestão.

Ao contrário do que dizem os “coachs motivacionais”, em suas palestras com ares de seita e seus incontáveis videos no Youtube, LIDERANÇA NÃO É PARA QUALQUER UM.

Vélez é um caso assim. Seu conhecimento acadêmico é indiscutível e seu currículo invejável. Mas não tem “sangue no olho”.

Para comandar o MEC, principal trincheira avançada do Marxismo Cultural, é necessário muito mais do que conhecimento. Precisa ter peito. Peito de remador!

Felipe Fiamenghi
Jornal da Cidade Online


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe nas suas redes sociais!