PATETAS: Três são presos ao tentar sacar R$ 49 milhões com cheque clonado em agência bancária de Fortaleza

Pai, filha e um terceiro queriam depositar cheque falso com dados de uma empresa de Goiás. Delegado diz que cheque é ‘materialmente falso’.

Dois homens e uma mulher foram presos quando tentaram compensar um cheque clonado de R$ 49,3 milhões em uma agência bancária no Bairro de Fátima, em Fortaleza, nesta terça-feira (22). O cheque tinha a assinatura falsa do gerente executivo de um banco de São Paulo. Os três foram presos em flagrante na agência bancária.

De acordo com o delegado Carlos Teófilo, da Delegacia de Defraudações e Falsificações, dois dos três suspeitos tentaram inicialmente aplicar um golpe na agência bancária no valor de R$ 1 milhão, usando um contrato falso. Eles são pai e filha.

Continua depois da publicidade

Em seguida, um terceiro homem, da mesma família, se juntou aos dois solicitando a compensação do cheque de R$ 49 milhões. Eles disseram que o dinheiro havia sido adquirido em trabalhos feitos para várias empresas.

“Esse cheque é falso. O papel não é verdadeiro, ele não foi emitido pelo banco. É um cheque materialmente falso”, afirma o delegado.
Os suspeitos foram autuados pelos crimes de falsidade ideológica, falsificação de documento, uso de documento falso e tentativa de estelionato.

G1

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

AO VIVO: WITZEL ESTÁ TOMANDO UM PÉ NA BUNDA E VAI ACABAR PRESO! Nem os bandidos da Alerj querem mais ele…

Frota é lavador de dinheiro sujo, segundo Ministério Público: falsidade ideológica

Selecionados para você!