Pazuello nega negociação e pede na Justiça direito de resposta para Folha, CNN e O Globo

Compartilhar

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello enviou ao jornal Folha de S.Paulo uma notificação extrajudicial pedindo direito de resposta após a publicação de reportagem nesta sexta (16) sobre suposta compra superfaturada da CoronaVac.

Segundo a notificação. “são infundadas e inverídicas” e violaram a honra do ex-ministro. Em nota divulgada pela Secretaria Especial de Comunicação Social, Eduardo Pazuello afirma que em momento algum negociou compra de vacinas com empresários.

Além da Folha de S.Paulo, o ex-ministro também entrou com pedido de direito de resposta no jornal O Globo e no canal CNN Brasil.

De acordo com Pazuello, a reunião foi entre uma equipe do Ministério da Saúde e os empresários, e ele esteve na sala unicamente para cumprimentar os representantes da World Brands Distribuidora.

Ainda segundo o general, após a reunião, ele foi informado que a proposta era inidônea e determinou que não fosse elaborado o Memorando de Entendimento, além de solicitar que a assessoria de comunicação do ministério não divulgasse o vídeo.

gazetabrasil

Compartilhar

PF abre inquérito sobre atuação de “milícia digital” contra a democracia

O COVARDE MACHO SEM PICA: Polícia descobre e revela desde quando o DJ Ivis agredia a ex-esposa

Ajude a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.


Compartilhe nos grupos do Facebook e nas suas redes.