Pedido de adiamento do julgamento de Lula demonstra desconhecimento jurídico de Zanin

Quem é patriota compartilha!

O pedido de adiamento do julgamento do recurso do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi mais uma gafe jurídica do advogado Cristiano Zanin.

Os ministros foram obrigados a ignorar o requerimento.

A defesa de Lula alegou que não havia sido intimada.

Levou duas traulitadas.

A primeira do presidente da 5ª Turma, explicando a desnecessidade de intimação da parte, vez que não há previsão no caso para sustentação oral.

E a segunda do presidente do STJ, João Otávio Noronha, que ressaltou que Lula é ‘um cidadão comum’.

“Todos os dias os processos de agravo interno são julgados assim. Pode ser levado até na hora”, disse o ministro.

Jornal da Cidade Online


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Quem é patriota compartilha!