Polícia Federal já está nos calcanhares do hacker criminoso (veja o vídeo)

É PRA COMPARTILHAR!

A Polícia Federal abriu quatro inquéritos para investigar as invasões aos celulares de procuradores da República, juízes, jornalistas e do Ministro da Justiça, Sérgio Moro. A PF trabalha com a hipótese de uma ação orquestrada.

Foram identificadas invasões em dispositivos de pelo menos 16 autoridades e jornalistas, incluindo a juíza substituta de Sérgio Moro, Gabriela Hardt.

O método tem sido consistente: os invasores se passam por outras autoridades ou por jornalistas para tentar extrair informações comprometedoras dos interlocutores. Quando não conseguem de forma “natural”, passam a fazer ameaças mais contundentes. É nesse ponto, em geral, que as vítimas se dão conta do que realmente está acontecendo e informam o ocorrido aos órgãos competentes.

Segundo o repórter da Jovem Pan, Zé Maria Trindade, há a informação de que em pelo menos dois dos inquéritos abertos já foram identificados rastros que podem levar aos responsáveis.

“‘A Polícia Federal vai chegar nos responsáveis, vai chegar nos mandantes e vai chegar nos financiadores desse crime…”

Veja o vídeo:

Jornal da Cidade Online

É PRA COMPARTILHAR!