Policial de colete da S.W.A.T que escoltou Lula é alvo de teorias conspiratórias de petistas

Quem é patriota compartilha!

O policial federal Danilo Campetti fez a escolta de Lula durante o enterro do neto do ex-presidente

Com a liberação temporária de Lula para ir no último sábado (2) ao enterro neto Arthur, de 7 anos, que morreu por meningite, o ex-presidente foi escoltado por um agente da Polícia Federal que usava um colete da S.W.A.T durante o enterro, o que gerou reações da militância petista com teses conspiratórias.

O policial federal Danilo Campetti, que escoltou Lula no velório do neto neste sábado, foi alvo de ataques e virou assunto na ala petista.
Sites e grupos pró-PT passaram a questionar se ele seria um agente da polícia americana por conta do colete.

A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, foi uma das que inflaram esse discurso e disse neste domingo (3) que espera que a Corregedoria da PF tome alguma providência contra o policial.

O agente que fez a escolta de Lula é especialista em armamentos e instrutor de tiros. O policial atua em uma divisão tática da Polícia Federal (PF) e fez cursos de especialização nos Estados Unidos, de onde teria recebido o distintivo da polícia americana.

Danilo Campetti também trabalhou na equipe de agentes federais que fez a segurança de Jair Bolsonaro durante a campanha presidencial do ano passado.

MBL NEWS


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Quem é patriota compartilha!