Presidente questiona urna e deseja lei para executar auditoria nas próximas eleições

COMPARTILHA

Para o presidente, a atual conjuntura não traz a devida confiança.

Jair Bolsonaro, presidente da República, fez uma citação à crise política que está ocorrendo na Bolívia a fim de defender uma lei que autoriza a aditação dos resultados das eleições no Brasil. De acordo com ele, os resultados não possuem confiabilidade e ele deseja votar o projeto de lei para as próximas eleições – no caso, municipais.

“Teve um problema sério na Bolívia que o estopim foi o que a suspeita ou certeza de fraude por ocasião das eleições. Ensinamento para nós: nós devemos, tenho conversado com alguns líderes para potencializar isso, para que nos viemos a votar no começo do ano que vem um projeto de lei de modo que você possa auditar uma eleição. Se você votou no João, você vai ter certeza que votou no João, se votou na Maria, o voto foi para Maria. Não podemos ter essa suspeita de fraude, como houve na Bolívia, de um lado ou de outro”, declarou o presidente Jair Bolsonaro.

COMPARTILHA