Renan perde mais uma no Senado. Presidente em exercício revoga manobra que beneficiária Renan

É PRA COMPARTILHAR!

O Brasil não ficará refém do Renan (MDB). Senadores se articulam para derrotá-lo.

Em primeira mão, o ato que confirma a revogação da manobra de Renan Calheiros, que queria controlar a eleição para a presidência do Senado. O Senador Davi Alcolumbre é o presidente em exercício, por ser o único remanescente da antiga mesa diretora reeleito.

O novo texto confere ao presidente da sessão o poder de estabelecer, no início dela, os procedimentos a serem adotados. O voto aberto será colocado em votação, conforme tudo indica e solicitação de mais de 40 Senadores.

A senadora eleita Selma Arruda, do PSL do Mato Grosso, também participa da tentativa de unificar candidaturas contra Renan Calheiros.

“Muitas reuniões estão acontecendo. Estamos procurando a unificação de uma candidatura à altura de Renan, para que não fiquemos reféns dele. Não podemos ficar reféns do Renan.”

Senadores próximos a Renan pedem a retirada de sua candidatura. A pressão continua contra o quadrilhão do MDB.

Via: federalnews.com.br

É PRA COMPARTILHAR!