Resposta a um amigo que está incomodado com as declarações de Bolsonaro

É PRA COMPARTILHAR!

Querido amigo, torço para que você enxergue os erros do Novo – o partido – e ajude a corrjí-los, querido! Este partido exige do Jair Bolsonaro o comportamento de um Lord que ele nunca foi nem nunca será. Não foi eleito para portar-se como um Lord, ao contrário, foi eleito para “meter o pé na porta” e exercer a liderança bruta de lenhador, do tipo que escarra e cospe no chão.

Atente: além de ser um cara comprovadamente honesto, foi o temperamento e a disposição de escancarar o falso jogo político brasileiro que o elegeu. Esta idealização do líder é um grosseiro erro de avaliação da situação política do país. Porque uma vez estando há décadas em meio a uma saraivada de rajadas de tiros interesseiros vindos da ONU, dos Globalistas, do Foro de São Paulo, e de uma gama de militantes ferozes que se locupletaram da coisa pública dentro do nosso próprio país, o cara não desistiu e se destacou como anti-herói nesse jogo. E por isso foi eleito. Não queremos outro Bolsonaro.

Os eleitores do atual presidente não fazem cara de nojinho para as falas dele porque entendem que ele não é jarro de decoração, ele é o lenhador que meteu o machado na quadrilha do PT quando NINGUÉM nesta bosta de país teve coragem de fazê-lo. Talvez você acompanhe a atuação dele há dois ou três anos, mas eu miro o Bolsonaro desde que ele SOZINHO, E MUITO SOZINHO – lá atrás -, deu um golpe de mestre no PT do Lula que este estava prestes a ter nas mãos o comando do SENADO e da CÂMARA juntos. Ou seja, iam ter ainda mais poder do que tiveram. Mas o “lenhador maluco” que cospe no chão foi lá e agiu. Naquele ano venceu o Severino Cavalcante e o PT ficou refém do PMDB. Ruim? Certamente que sim, mas menos pior do que dar poder total àquela quadrilha maligna.

Então quando vejo um bando de jornalistas bundões, que choram por dinheiro público a vida inteira, reclamando porque o Bolsonaro falou que o TERRORISTA FOI ASSASSINADO POR TERRORISTAS, logo vejo que fiz a escolha certa: elegi o presidente certo; apaguei toda essa mídia da vida de minha família. Quem faz coro a esta bobajada toda, ou está perdido, ou está mal intencionado.

O Bolsonaro é sim um cara preparado, preparado para sofrer e aturar a política atual do Brasil e sobreviver a isso tudo. Nenhum outro aturaria, e a prova disso é que TODOS, LITERALMENTE TODOS POLÍTICOS DESTE PAÍS, compraram ou venderam apoio político antes dele. Mas graças ao nosso “lenhador mal educado” isso ACABOU no Brasil. E só por isso ele deveria ser tratado por todos os brasileiros como a lenda que ele de fato é.

Despreparado está ainda uma parte do povo que não consegue enxergar o óbvio: Bolsonaro é o cara! Sim o cara que temos para hoje. Para amanhã talvez possamos ter em Brasília um político que mantenha o viés de política limpa que conquistamos com o atual governo, e que ao mesmo tempo consiga passear na rua sem ser cassado por um bando de alucinados violentos criados às custas de muita doutrinação, de costuras partidárias espúrias que envolveram desde multinacionais do tráfico de drogas a invasores da propriedade alheia. Espero que nossos netos vejam esse dia ser possível.

Até lá defenderei o presidente que escolhi, que, em meio a tropeços e corridas, até agora honra o meu voto.

Nunca imaginei que pudéssemos vencer, mas vencemos. Nunca esperei que o povo pudesse entender o fenômeno Bolsonaro, e não entende.

Mas ainda assim o rabo que está na reta é o dele. E eu dou-lhe muitos créditos pela sua história.

Abração!

Jornal da Cidade


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

É PRA COMPARTILHAR!