Seleção de voluntários via WhatsApp para vacinação é fake, diz GDF

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

A Secretaria de Saúde do DF alertou que mensagens sobre falso recrutamento estão circulando no aplicativo.

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal divulgou um alerta, na noite deste domingo (21/2), sobre um falso recrutamento de voluntários, por meio do WhatsApp, para atuação nos pontos de vacinação contra a Covid-19.

Segundo a pasta, mensagens sobre o assunto têm circulado no aplicativo. “A Secretaria de Saúde alerta que se trata de um golpe e orienta para que não sejam enviados dados pessoais solicitados”, frisou.

O órgão esclareceu que, em 31 de janeiro, iniciou um processo de seleção de voluntários para atuarem na imunização dos grupos prioritários. Porém, a iniciativa é exclusiva para servidores lotados ou em exercício na própria secretaria. O recrutamento foi feito por meio de formulário eletrônico.

As superintendências regionais de saúde são responsáveis pelo contato com os candidatos e a gestão das escalas de cada um dos voluntários inscritos. No total, 802 funcionários públicos se inscreveram.

“Após o cadastramento, os servidores serão submetidos a um breve treinamento pelos técnicos da Gerência de Vigilância das Doenças Imunopreveníveis e de Transmissão Hídrica e Alimentar (Gevitha/Divep/SVS), para participarem da campanha”, pontuou.

A Secretaria de Saúde orienta que, em caso de recebimento de qualquer notícia suspeita, o cidadão entre em contato pelo WhatsApp (61) 99252-3540.

“Trata-se de um espaço exclusivo para receber informações virais, que serão apuradas pelas áreas técnicas e respondidas oficialmente, se são verdadeiras ou não, na página Saúde Sem Fake News e nas redes sociais oficiais da Secretaria de Saúde”, afirmou.

Metrópoles

Ajude-me a manter o site no ar. Faça uma doação de qualquer valor.

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Homem diz: “Se a faca não matou, é a vez da arma”

Senadora Kátia Abreu defende rinha de galos?