Sikêra vai pagar R$ 300 mil a modelo trans (Jesus crucificado): ‘raça desgraçada’

Apresentador de TV usou a imagem de Viviany Beleboni em seu programa enquanto falava um crime cometido por um casal de lésbicas.

O apresentador de TV Sikêra Jr. foi condenado pela Justiça a pagar R$ 300 mil à modelo Viviany Beleboni, após exibir em seu programa a imagem de Viviany – que é transsexual – enquanto falava um crime cometido por um casal de lésbicas. Na oportunidade, ele ainda usou a expressão “raça desgraçada” ao se referir às suspeitas. A informação é do site O Dia.

Na decisão, o juiz determinou ainda que a imagem da modelo seja retirada da reportagem publicada no YouTube. Ainda cabe recurso.

Continua depois da publicidade

Viviany Beleboni ficou conhecida por representar Jesus Cristo crucificado em uma Parada do Orgulho LGBTQI+ no ano de 2015.

ODia

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Bia Kicis informa: Bolsonaro trocou de médico por suspeita de perigo de vida

Bolsonaro abre crédito de R$ 10 bilhões para auxiliar MEIs e empresas de pequeno porte

Selecionados para você!