ACREDITE! STF permite que “doleiro dos doleiros” falte à depoimento em CPI do BNDES

COMPARTILHE AGORA!

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Celso de Mello decidiu hoje (12) que o doleiro Dario Messer tem o direito de ir ou não ao depoimento marcado para amanhã na CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Preso pela Lava Jato, o “doleiro dos doleiros”, como Messer é conhecido, tinha uma autorização da Justiça Federal no Rio de Janeiro para ir, sob escolta, à comissão prestar esclarecimentos em Brasília.

Na liminar (decisão temporária), o ministro decano da corte ainda determinou que seja dada ciência à comissão com urgência sobre a decisão. Situação semelhante aconteceu com o ex-ministro petista Antonio Palloci.

COMPARTILHE AGORA!