“Tem mulher no Projac não?” diz Eduardo sobre acusações a Marcius Melhem

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

O deputado Eduardo federal Eduardo Bolsonaro ironizou a TV Globo sobre as acusações de assédio contra o ex- diretor Marcius Melhem. Segundo a advogada das vítimas, Mayra Cotta, o humorista foi abusivo e violento com outras atrizes dentro da emissora carioca.

“Estou enganado ou os globais que não se calam diante de ditaduras estão sendo coniventes com assédio a mulheres? Tem mulher no Projac não? Imagina se fosse o Bolsonaro”, escreveu o parlamentar no Twitter neste domingo (25).

Após as acusações, o humorista se pronunciou no Twitter:

Continua depois da publicidade

“Sei que num caso desses, ainda mais no momento que vivemos, de tanto ódio, serei culpado até provar o contrário. Então quero que tudo seja colocado às claras, expor a minha inocência e os meus erros. Quero poder pedir desculpas e cobrar responsabilidades. Vou em busca da verdade.

Até hoje eu fiquei calado porque as acusações não apareceram aqui fora. No compliance da rede Globo tudo foi apurado e investigado rigorosamente. Saí pela porta da frente da emissora que trabalhei por 17 anos.

Qualquer pessoa que me conheça, que tenha convivido minimamente comigo sabe que é impossível eu praticar alguma violência, especialmente contra as mulheres. Jamais seria capaz de emparedar alguém à força”.

Gazeta Brasil

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Novo escândalo com auxílio emergencial e bolsa família: 23 mil Beneficiários fizeram doações para candidatos

PERIGO! China faz ‘ameaça velada’ aos EUA