A VERDADE APARECEU: Idosa que emocionava em vídeo de Haddad é uma assassina

Compartilhe essa notícia!

A idosa que comove e emociona no vídeo publicitário da campanha de Fernando ‘Andrade’ Haddad (PT) na realidade é a ex-guerrilheira Maria Amélia de Almeida Teles, vulgo Amelinha (Foto), acusada ao lado de seu marido César Augusto Teles e de seu companheiro de militância Carlos Nicolau Danielli, ambos são acusados de matar e esquartejar 3 militares em 1972.

Amelinha foi ativista e militante do Partido Comunista do Brasil (PCdoB). Presa em 28 de dezembro de 1972, foi conduzida à Operação Bandeirantes (Oban), onde foi submetida a sessões de interrogatórios, que segundo seu depoimento foram realizadas, pessoalmente, pelo major do exército Carlos Alberto Brilhante Ustra, então comandante do DOI-Codi de São Paulo.

Não há provas documentais ou testemunhais que ela foi interrogada e supostamente torturada pelo coronel Ustra.


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!