VÍDEO: Câmera flagra ataque de estupro em garota de 14 anos em SP. Presidente Bolsonaro: o Brasil quer segurança já!

Compartilhe essa notícia!

Crime aconteceu dentro de carro do agressor na Área Continental de São Vicente, no litoral de SP. Suspeito de cometer o crime foi preso com pertences da vítima.

Imagens de câmeras de monitoramento flagraram o momento em que um motorista ataca e coloca à força uma adolescente de 14 anos dentro do próprio carro. A polícia investiga o estupro relatado pela jovem. O rapaz tem 23 anos e foi preso horas depois do crime com os pertences da vítima, em São Vicente, no litoral de São Paulo.

O caso aconteceu por volta das 6h de segunda-feira (10), no bairro Vila Ema, quando a garota seguia para um curso. As imagens mostram um carro preto estacionando próximo à esquina da rua 5, perto de onde a menina mora. O motorista desce e agarra a adolescente que caminhava sozinha. Em seguida, a garota é colocada à força no carro, abusada sexualmente e depois ‘liberada’.

O suspeito de cometer o crime está desempregado, é casado e tem dois filhos, um deles um bebê. Policiais militares conseguiram encontrá-lo em casa, no bairro Fazendinha. As roupas usadas pelo suspeito no momento do crime estavam dentro do carro. O veículo é o mesmo que aparece nas imagens de monitoramento e foi apreendido.
A PM também conseguiu recuperar os pertences da vítima. “Próximo da residência, ele abandonou o celular da vítima e um chinelo. Fazendo buscas conseguimos localizar o chinelo. Ele falou que tinha jogado e apontou a direção. A gente vasculhou o local e conseguiu achar”, comentou o sargento André Fernandes.

A família da vítima não quis dar entrevista, mas o padrasto contou já ter visto o rapaz passando pelo bairro. A Polícia Civil não deu detalhes sobre o depoimento da adolescente e informou que espera o laudo do Instituto Médico Legal (IML). A garota também passou por exames no Hospital Municipal. O caso foi registrado na Delegacia da Mulher de São Vicente.

Assista o vídeo, clique aqui

Fonte: G1


NOSSO GRUPO NO WHATSAPP! Entre aqui!

Participe dos debates nos grupos!

Compartilhe essa notícia!