Vídeo completo do espancamento de João no Carrefour

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Câmera de segurança mostra início da confusão antes do assassinato brutal de João Alberto no RS.

Novas imagens das câmeras de segurança de uma unidade do Carrefour de Porto Alegre mostram por outro ângulo a confusão antes do assassinato brutal de João Alberto por dois seguranças na noite de quinta-feira (19). Veja acima.

João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos, foi espancado e morto na véspera do Dia da Consciência Negra.

Continua depois da publicidade

No início do novo vídeo, é possível ver João Alberto sendo acompanhado pelo segurança de dentro do supermercado para o estacionamento. Não é possível ouvir o que eles falam. João Alberto dá um soco em um dos seguranças.

O vídeo mostra, em ângulo diferente das imagens divulgadas na sexta-feira, o início das agressões e a imobilização de João Alberto, que duraram mais de cinco minutos, mesmo com pedidos de ajuda.

O pai de João Alberto, João Batista Rodrigues Freitas, disse em entrevista ao Jornal Nacional na sexta-feira (20): “Mesmo que fosse um soco, acho que isso não é motivo para tirar a vida de uma pessoa”. Ele classificou de “agressão covarde” e um “ato de racismo” o assassinato do filho.

“Eu parto da ideia que não é possível [o filho] sofrer a agressão se não tivesse motivo de uma raiva, uma fúria. Para mim, é um ato de racismo”, disse João Batista.

G1

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

Mourão solta o verbo e compara comércio de madeira ilegal ao narcotráfico

Novo normal ou cabresto você escolhe o nome. Só aceita.