Voto impresso: Bolsonaro encara Ministro Barroso e solta o verbo

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

O ministro Luis Roberto Barroso, presidente do TSE, afirmou que o voto impresso colocaria em risco o sigilo e a liberdade da votação.

Durante sua última live, Bolsonaro bateu de frente com Barroso, falando verdades.

Esse trecho da live pode ter passado despercebido, mas é muito importante, pois mostra que o presidente vai lutar pelo voto impresso.

Ele lembrou que em 2015 foi levado em votação um veto ao voto impresso, que acabou sendo derrubado pelo Congresso, ou seja, o voto impresso deveria ter sido colocado em prática em 2018.

“Não aconteceu porque o STF resolveu dizer que era inconstitucional. Por que inconstitucional? Qual país adota o voto eletrônico? Não tem, quer dizer, Venezuela… A Alemanha não aceitou. O problema é a desconfiança, a falta de transparência”, destacou o presidente.

Bolsonaro ressaltou que, com o voto impresso, o sistema pode ser auditado.

“Estão com medo? Já acertaram a fraude para 2022?”, questionou o presidente.

Confira:

JCO

COMPARTILHE A NOTÍCIA EM SUAS REDES SOCIAIS

No JN, Bonner ‘imita’ Bolsonaro e vídeo viraliza nas redes sociais

Começam os saques no Brasil. Povo desesperado sem auxílio e sem trabalho